Para gerenciar o fator humano, principalmente após o advento tecnológico, o departamento pessoal é muito importante para as empresas

O cenário atual do universo empresarial é visto com massiva inclusão tecnológica. Com isso, muitas pessoas, profissionais de diversos segmentos, sentem-se ameaçados por uma ocupação da tecnologia em suas funções de trabalho, dando, assim importância ao departamento pessoal às empresas.

Para alguns profissionais, a tecnologia veio para ocupar o lugar do fator humano. O que sustenta esse argumento é o evidente crescimento de empresas de tecnologia que estão abrindo e o número de serviços dentro de empresas que tão utilizando-se do fator tecnológico.

Justamente nesse momento entra o fator departamento pessoal, para conseguir extrair o melhor da tecnologia e do fator humano, para que ambos se completem e a empresa seja beneficiada com isso.

Analisando internamente

Primeiramente, cabe ao departamento pessoal estimular a autoanálise da gestão da empresa sobre ela, dos funcionários numa visão de autoconhecimento e de departamento por departamento.

Depois disso, o departamento pessoal vai fazer a junção entre o poderio humano da empresa, dentro dos pontos fortes e fracos traçados no contexto de autoanálise, e de tudo o que a tecnologia pode ser útil para ajudar no desenvolvimento empresarial do seu negócio.

Mas aí você pode perguntar: você não disse que tudo se ajustaria e que as máquinas vêm para ajudar os seres humanos e não roubar os empregos?

É exatamente aí que entra o departamento pessoal, para extrair o melhor de cada funcionário e departamento, para adaptar funções e colocá-las lado ao lado com as tendências da tecnologia.

O futuro dos empregos

Segundo o relatório sobre o futuro dos empregos, The Future Jobs, a tendência é que até 2025, alguns cargos sejam integralmente substituídos pela inteligência artificial, ou seja, máquinas. Atualmente, 29% dos honorários já são substituídos pelas máquinas em todo o planeta. Vivemos a era pós-digital, onde a tecnologia não é mais novidade, mas, sim, faz parte do cotidiano, já diria Walter Longo.

Concluímos que

O departamento pessoal tem como intuito extrair o melhor dos seu colaboradores, de acordo com a realidade da empresa.

O departamento pessoal faz, justamente, a adequação entre as necessidades da empresa e o fator humano.

Assim, os funcionários tem o seu melhor extraído, com total subsídio tecnológico para isso.

Fale Conosco

Ligue para nós