Conheça as duas vertentes de planejamento e saiba por onde a sua empresa precisa caminhar para ter sucesso e captar clientes

Termos mais do que comum dentro da realidade contábil em qualquer empresa, seja onde for, o planejamento estratégico e o planejamento financeiro, que, ao contrário do que muitos pensam, estão em casas completamente diferentes. O intuito deste artigo é que você venha entender melhor esses moldes de planejamento e venha diferenciá-los de forma prática.

A oposição entre estratégia e finanças 

Quando a ação empresarial firma-se apenas nos levantamentos de dados monetários, o planejamento ainda é único e exclusivamente financeiro, o que é um serviço que tem ficado menos em voga no mercado desde a chegada do planejamento estratégico, que traça diversos tipos de planejamento para uma empresa, de acordo com os acontecimentos e fatores diretos e indiretos do segmento em questão.

O planejamento estratégico compactua com a expansão da própria empresa e do mercado em questão, pois utiliza-se de todos os mecanismos de dados fornecidos pela contabilidade parceira do negócio para criar o melhor plano de ação personalizado à empresa.

De modo geral, o planejamento financeiro e estratégico se opõe na forma de se trabalhar, em seu mote e no seu foco específico, mas ambos caminham juntos entre si.

Conceito

Enquanto o orçamento do plano estratégico foca em adaptar seus recursos de forma funcional, os planos financeiros pensam só em lucro monetário, se esquecendo da relação custo-benefício.

No planejamento estratégico, o planejamento financeiro é um dos fatores a ser levado em consideração, mas não é fator preponderante.

O planejamento estratégico utiliza-se dos materiais fornecidos pela empresa de contabilidade por trás do projeto, mas também utiliza-se de imagens que vão além do papo meramente financeiro.

São essas as diferenças mais claras entre o planejamento financeiro e econômico, a estratégia a longo prazo e a forma como lidar com a implementação práticas dessas ideias.

Planejamento de orçamento

Muitos caem no erro de confundir o planejamento de orçamento com o planejamento financeiro, achando que quando estamos a fim de montar apenas uma plataforma financeira para os nossos projetos,  queremos apenas um orçamento a curto prazo. Mas, na verdade, quando falamos de planejamento financeiro, temos que entender que ele passa por ações que estão separadas por um processo de início meio e fim, como todo bom planejamento, e que visa colocar em prática alguma finalidade estratégica, nesse caso, colocar o projeto, seja público ou privado, no eixo econômico, e não apenas orçar algo dentro de uma determinada periodicidade.

 

Fale Conosco

Ligue para nós